A Eva e eu

Categorias , Postado por Maria Livia às 10/01/2011
Muita correria...sem tempo de vir aqui nem visitar ng. Agradeço de coração os comentários e as palavras de consolo e força.
Embora os veterinários achassem que não era cinomose, nesta terça, o diagnóstico se confirmou. Continuamos com as fisioterapias 3 vezes por semana e um monte de remédios. Ontem a fisio gostou bastante da sessão, pois alguns parâmetros que ela usa (propriocepção e dor profunda, que eu não entendo direito) estavam melhores. Colhemos tb o sanguinho e o hemograma estava bom. Eu estava muito contente, achando que era dali pra melhor. Forrei a casa toda com E.V.A. para que ela tenha mais sustentação. Qd ela sai da fisio, sempre fica meio cambaleante, mas ao longo do dia melhora. Porém, ontem não melhorou. Aliás, parece que piorou. Dava 2 ou 3 passinhos e caía. Tentava levantar e caía. Até que desistia e ficava no chão, onde estava. Falei com a vet e era de se esperar que a doença tivesse estacionado até curar...
Meu coração está muito apertado, olho pro desespero dela e choro. Pq raios existe uma doença assim cruel com os cães? Justo eles, que são feitos apenas de amor. Meu marido diz que tenho que ser forte. Ele está certo. Ela não está comigo à toa e ela está bem, animada, não se entregou. Eu tenho que ficar bem para ajudá-la.
Nem preciso dizer como o assunto FIV e filhos ficou distante agora. No momento, o que mais quero nem é meu positivo, é o negativo da doença dela. 
Qd a gente vive um problema, sente que ele é o maior do mundo, mesmo sabendo que não é. Agora vejo como eu preferia estar lidando com o negativo de uma FIV. É muito dificil, mas pelo menos essa dor já é minha conhecida. Sei qto tempo vai durar, como ela vai me maltratatar e, aos pouquinhos, me deixar. Mas isto está maltratando não só a mim, mas a uma criatura doce e indefesa. Por isso, choro por nós duas. Não sei quanto tempo isso vai durar, só peço a Deus força para conseguir cuidar dela e não desabar em cima.
São Francisco de Assis, olha pela minha bichinha!

Um bom final de semana.

16 comentários:

Val on 10/01/2011 disse... [Responder Comentário]

Poxa Maria Lívia, muito triste por ela, com certeza os dogs são feitos de amor, e São Francisco vai protege-la, frequento a igreja de Sao Francisco amanhã orarei por ela.
Amo animais, em destaque dogs eu perdi minha cã recentemente e é uma dor dilacerante, ainda sim ate o ultimo minuto ela nao se entregou, eles sao assim puros de amor, são puro conforto e esta sendo seu conforto agora nesse momento de FIV, tto enfim. Com certeza a prioridade é a melhora dela e torço que isso aconteca, fique forte pois ela precisa de vc grande beijo fique com Deus

Maria Livia on 10/01/2011 disse... [Responder Comentário]

Obrigada, Val!
Agradeço suas palavras e sua oração. Já perdi outras cãs e é realmente muito triste. O que me dói é que ela é tão nova, só 7 meses, uma vida pela frente. Vamos ver.
Um bjo gde.

Tati on 10/01/2011 disse... [Responder Comentário]

Oi Lívia. Que coisa triste amiga.
Senti muita tristeza ao ler suas palavras.
Me corta o coração também saber que existe tantas doenças que maltratam tantos esses animaizinhos que não fazem mal á ninguem.Ao contrário, eles só querem amor e carinho.
Olha , tenho um poodle misturado com lhaza ,e quando ele era ainda bem novinho , descobrimos que ele tinha cinomose.Foram dias muito difíceis pra mim, pq sou muito apegada á eles.Quando estou trabalhando,nem do marido tenho saudade, é deles (tenho 2) que sinto saudade e fico preocupada se estão bem.QUando chego em casa a primeira coisa que eu percebo é se os 2 estão vindo correndo pra me receber,se vem só um,meu coração aperta.E voltando a cinomose , que é ,eu acho,a doença que mais leva os animaizinhos á óbito,depois de diagnosticado,entramos com um tratamento com várias injeções por dia,e os veterinários sempre dizendo que era só um tratamento,que talvez não surtisse efeito.Disseram que apenas 20% dos animais com cinomose sobrevivem.Imagina,eu fiquei muito mal, mas assim ,como vc nao desisti, fiquei firme pq ele precisava de mim e eu precisava mais ainda dele.No fim, ele superou as expectativas e está muito bem hj.Infelizmente ele ficou com "batimentos" nos 2 lados da cabecinha ,como se fossem pulsações.Isso me dói muito , pq só de imaginar como é ter uma coisa batendo na sua cabeça o tempo todo ,dá uma dózinha dele.Isso me faz ter muito mais cuidado com ele.ele ficou tambem com convulsões , e mesmo tomando gardenal 2 vezes por dia,ainda assim, uma vez ou outra ele tem.E isso me mata de tristeza quando acontece.Mas ele é super saudavel, corre ,brinca...graças á Deus , ele sobreviveu e tem uma vida normal.Tambem me apeguei ao Saõ Francisco,comprei até uma imagem dele.Livia , te falei tudo isso pq mesmo tendo gente falando muitas coisas ruins sobre a doença, me mantive firme no tratamento dele e tive muita fé.Isso ajuda muito , faz toda a diferença.E como vc disse, ela não foi parar nas suas mãos por acaso.Vc tem muito amor por ela e sei que fará tudo o que vc puder pra que ela fique boa outra vez.Não perca a fé.Independente do que ela tenha,ela vai vencer.Eles sentem confiança em nós e quando mostramos todo o nosso amor por eles , eles também começam a lutar para ficarem bem.Que Deus proteja a Eva,amén.
Um super beijo

Maria Livia on 10/01/2011 disse... [Responder Comentário]

Oi, Tati. Realmente esta doença é mto séria e é gde o risco de morte. Tem horas que acho que não vai dar certo, mas tenho tentado me manter firme. Sinto que ela percebe qd estou triste, chorando, com pena e qd estou confiante e encorajando-a a se levantar e andar. Quero me manter positiva. Os relatos desta doença são muito tristes e não quero me apegar a eles, só leio e vejo videos de casos de sucesso.
Desculpe, amiga, mas nem tenho ido ao seu blog. Torço para que dê tudo certo pra vc e esse bbzinho.
Um bjo gde.

Chlóe Croient on 10/01/2011 disse... [Responder Comentário]

Oi Lívia, também tenho um cachorro e devo confessar que ele é a minha vida........... nem imagino o que você deve estar sentindo mas entendo perfeitamente.

Espero que dê tudo certo!!!

Dalila on 10/01/2011 disse... [Responder Comentário]

Ah Maria Livia, sinto muito por esse diagnóstico. Puxa, os animais representam tanto para nós, é como ver alguém da família doente.
Você tem que pensar que foi por Deus que vc entrou na vida dela: vc está cuidando dela, se preocupando, acompanhando. Imagine se ela tivesse sido adotada por uma daquelas pessoas que não cuidam dos animais ou até maltratam? Ou até ela ainda não tivesse sido adotada, poderia estar passadno tudo isso sozinha. Vc está sofrendo com ela, mas pense que ela tem você e isso é o mais importante para ela (somos pai e mãe desses bichinhos mesmo, para eles somos muito importantes).
Espero do fundo do coração que ela supere essa. E espero que vc fique bem também.
beijos e força para você e para a linda Eva.

Bianca Pires on 10/01/2011 disse... [Responder Comentário]

Maria Livia, uma das primeiras vezes que visitei e comentei aqui foi no seu post sobre a chegada da Eva, e eu que perdi meu grande amor canino em 2007, depois do seu post fiquei refletindo sobre adotar um filhote, pois também tô passando por um tratamento de fertilidade. Meu cachorro, morreu aos 9 anos de vida, teve uma hérnia, e não evacuava mais, imagina o quanto ele sofreu, foi preciso sacrificar. Sei que um dia vou reencontrá-lo e ele correrá pra mim com a mesma alegria, pois em vida ele foi muito amado. Cuide bem da Eva, peça a cura dela para São Lázaro, ela vai melhorar, vamos ter fé, estou unida à você em oração e agradeço à Deus por ter colocado você no caminho da Eva, você é especial. Fiquem com Deus.

Maria Livia on 10/01/2011 disse... [Responder Comentário]

Chlóe, Dalila e Bianca, que lindas palavras. Vcs ajudam a confortar meu coração.Eu tenho tentado pensar nisso, sabe? Como seria se ela não tivesse a mim. Certamente lá no abrigo ela não teria este tto todo especial. Às vezes, sofro por antecipação, com medo do que possa vir a ocorrer. Minha mãe me falou hj de São Lázaro, vou pedir pra ele. Um bjo gde.

chaverdecomlimao on 10/01/2011 disse... [Responder Comentário]

Lívia,
Como é duro ver quem mais gostamos debilitadas? e por mais que queiramos ajudar, toda ajuda ainda não é suficinette...
Mas como vc disse, não é a toa que ela está com você, que ela surgiu na tua vida. Sempre há uma a explicação.
com certeza a FIV não é sua prioridade neste momento pois a Eva precisa muito de você. é díficil, mas é imporante você estar forte para ajudá-la.
Eu aprendi que Deus nunca faz algo ou nos dá algo, ou nos tira, sem um propósito. Seja para aprendermos, para evoluirmos espiritualmente... O sofrimento de alguém que gostamos é nosso sofrimento também.
Espero que a Eva fique bem e que Deus faça pelo melhor por ela, par que ela sofra o menos possível. O que vc precisa é estar preparada para qualquer situação. Embora a gente nunca queira o pior, talvez o pior seja o melhor.
Pense que vc está fazendo tudo para ajudá-la. e se Deus quiser, ela vai ficar bem!
E que São Francisco a proteja.
Beijos.

Rose on 10/01/2011 disse... [Responder Comentário]

Ahhh amiga eu chorei....nem vou comentar.....porque eu aaamo animais...e perdi a minha pequena em um acidente terrivel....de um vez....foi algo q me abalou muito....levei meses....de luto.
Mas a sua lindinha eva vai ficar boa... vamos acreditar Livia.

Bjokinhas

Ane on 10/02/2011 disse... [Responder Comentário]

Oi amiga.... já chorei lendo o seu post. Sinto muito, de coração... queria poder tirar essa doença com a mão. Por mais que a gente acredite num plano superior, confesso que dói meu coração ver que vc passou por tantas coisas e agora está com sua Eva doente. Vou rezar junto para que ela melhore... Força!!!!

Mundo do Dani on 10/02/2011 disse... [Responder Comentário]

Oi amiga, O seu blog é lindo, muitooo lindo viu ?
Perfeito d+ .
Já estou seguindo você
Beijos

Dinha on 10/02/2011 disse... [Responder Comentário]

Livia,
que pena que confirmou!
Mas pra DEUS NADA É IMPOSSÍVEL!
São Francisco de Assis vai interceder por ela!
Beijos e torcendo pra que tudo fique bem rapidinho!
Beijocas

Lilica on 10/02/2011 disse... [Responder Comentário]

Tô torcendo... Nossos bichinhos são família, né?
Vai dar tudo certo, amiga. Ela vai sair dessa.

Beijos.

Rose on 10/06/2011 disse... [Responder Comentário]

Maria Livia...como estas Eva....vc não falou mais nada....ainn espero q esteja tudo bem!
Bjuss

NASCI PARA SER MÃE on 10/11/2011 disse... [Responder Comentário]

Eu não tenho animais, mas já tive... e é muito triste quando uma coisa ruim acontece com esses inocentes. Pior ainda é quando não podemos fazer nada :(
Eles são muito queridos, verdadeiros, leais e tudo de bom que um ser humano poderia ser em seua essencia.
To torcendo para que dê tudo certo, sucesso.
Volte a nos contar.
Beijos
Ana

Deixe aqui seu pitaco!