Vida Congelada

Categorias , , Postado por Maria Livia às 8/25/2011
Gente, estava meio sumida, pois não sabia sobre o quê escrever. Hj, lendo o blog da minha amiga Bibi, me deu um insight para este post.
Quero sempre escrever sobre algo que está acontecendo, que estou pensando, analisando, descobrindo, mas a verdade é que está tudo muito travado e, por isso, nada acontece e nada escrevo. Já conversei sobre isso na terapia com a Liliana. Tenho a impressão de que a minha vida está congelada.
Não consigo fazer planos, me programar para algo a médio prazo, pois surge sempre a questão: mas e seu eu estiver grávida? ou: e se eu estiver em tto?
Já não estou fazendo Pilates. Adorava as aulas, mas a cada tto tinha que parar, era ruim ter que mudar minha rotina, deixar de fazer algo que gostava só pra esperar o bendito beta. Mas pior era voltar depois de receber o negativo. Portanto, digo para mim mesma que não parei o Pilates, só estou dando um tempo. Assim pesa menos.
Estou pensando em fazer Yoga, mas não tenho certeza se poderei fazer durante o tto. Então vou esperar pelo menos até a próxima TEC que deve ser no próximo ciclo (meda!).
Pensei em estudar italiano, que gosto muito e, independente de tto e gravidez é algo que não precisa ser interrompido. Uma amiga, minha mãe e eu marcamos com uma professora para aula particular. Não é que ela teve uns imprevistos e não vai poder nos dar aula? Agora estou procurando uma outra professora. 
Cada vez que vou ter férias é aquela coisa: gostaria de viajar pra lá, mas se estiver grávida....ou se eu estiver em tto...affffff, é um saco!
Tb tem a questão financeira. Qq gasto a mais, penso: "preciso guardar o dinheiro pra mandar fazer meu bebê". Aí acabo não fazendo algo que seria um pouco mais dispendioso. Quero terminar os últimos detalhes da decoração da minha casa, mas fico evitando de gastar. Quero por mais quadros, plantas, abajures, mas ao mesmo tempo penso que isso não é essencial.
Uma coisa decidi fazer: vou adotar uma cã!!!! Quero uma filhotinha de porte pequeno a médio. Alguém tem alguma dica? Fico com medo de ela ficar doente e ter um gasto maior que o previsto. Tb fico com receio de não poder passear com ela o tanto que acho que seria necessário. Mas quer saber, vou fazer o que posso! Uma amiga minha (que engravidou no primeiro mês de tentativa, argh!) falou como se fosse a dona da verdade: "Eu não adotaria um cachorro antes de ter um bb, pois o cão vai ficar com ciúmes e vc não vai confiar em deixá-lo com a criança". Fiquei com uma raiva: QUEM PEDIU SUA OPINIÃO??? Que saco, minha vida está tão parada, travada, congelada e nem um cachorro eu tenho "permissão" para ter? Quem sabe qd será que meu bb virá? Até lá nem um dog posso ter para me fazer companhia? Ainda mais com meu marido estudando para concurso, estou me sentindo muito só.
Tenho muita vontade de fazer uma segunda faculdade. Quero estudar psicologia. Mas sei que agora seria forçar barra. E como a Liliana diz: "Não adianta eu querer fazer de conta que não está acontecendo nada", ou seja, estou vivendo um momento de espera, de tratamentos e tenho que aceitar a viver com estas limitações e agir da melhor forma dentro do que é possível. 
Ontem passei em frente a uma escola de pinturas aqui perto de casa. Pensei: "bem que eu podia me arriscar". Mas tb não quero sair simplesmente preenchendo meu tempo. Quero fazer algo que eu goste realmente e me dê prazer.
Combinei com uma amiga de fazer caminhadas. Aliás, faz tempo que estamos combinando. Mas acho que agora vamos finalmente fazer. Até temos um projeto: fazer uma caminhada de 240 Km durante 11 dias pelo Caminho do Sol, que vai de Santana do Parnaíba a Águas de São Pedro. Mas claro, ainda é só um projeto, porque e se eu estiver grávida? ou estiver fazendo tto? rs.

14 comentários:

Vivi on 8/25/2011 disse... [Responder Comentário]

Maria Livia...to seguindo vc viu...

seu blog é muiiiito legal...

torcendo por ti, desde já...

bjus

Vivi on 8/25/2011 disse... [Responder Comentário]

Qto ao cão...eu tenho um lhasa apso e é tudo bom...carinhoso, esperto e nao late mto....além de lindooo...
tb nao dá gastos demais nao....só tem cuidados com o pelo, ele toma banho uam vez por semana e pago R4 55,00 de pet.... e mais a ração e alguns mimos.... mas compensa...é tudo de bom....

bjin

Rose on 8/25/2011 disse... [Responder Comentário]

kkkkkkkkkkkkkkkk, menina e num é q sou do mesmo jeito! Caramba achei q era só eu!!! É assim mesmo flor....a gente passa por tudo isso....não tem jeito!
Bjuss e espero q seus projetos, sigam em frente!

Tati on 8/25/2011 disse... [Responder Comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
Tati on 8/25/2011 disse... [Responder Comentário]

Noossa Livia , é complicado mesmo.
Queremos fazer varias coisas ao mesmo tempo e na verdade acaba que não fazemos nada.Ficamos meio que "presas" nessa situação , sem saber se pode ,se não pode...se deve , se não deve...afff.
É de enlouquecer.
Quanto ao cachorro ,eles são muito companheiros , vc vai gostar de ter a companhia de um amiguinho peludinho.Só falta eles falarem.É só vc pesquisar direitinho uma raça que se adapte ao seu modo de vida que tudo dará certo.Se vc achar que cachorro e bebe não dão certo debaixo do mesmo teto, sugiro que esqueça essa idéia.Existem muitas pessoas que dão os animais por esse motivo e eles acabam doentes por sentir a falta do dono.Se vc decidir ter , vai fundo, é uma das mellhores coisas da vida vc chegar em casa e eles fazerem aquela festa.
Um beijão pra vc

Maria Livia on 8/25/2011 disse... [Responder Comentário]

Meninas, obrigada pelas palavras.Vcs estão me animando a ter minha dog! Eu amoooooooo cães, sei que são pra vida toda. Nem conseguiria dar um cão depois de ter um filho. A Ane até me mandou um link um blog chamado Mães com Cães: http://maescomcaes.blogspot.com. Achei o máximo!
bjks!!!

chaverdecomlimao on 8/25/2011 disse... [Responder Comentário]

Que bom que você voltou a escrever. Todo dia passo por aqui e nada, né?
Bom, estamos no mesmo barco e vou te dizer: se não fossem meus queridos pets, agora deitados nas minhas pernas enquanto eu escrevo, e Marido, claro, eu não sei o que seria de mim!
eles são tudo de bom. Trazem alegria, companhia e animação pra casa. e não tem bebês, pelo menos bichos. Minha cã e meu cat são muito fofos, queridos. Se dão super bem. Dormem juntos e com a gente, quando deixamos. O cat veio depois, então a cã é meio mãe dele e ele acha que é um cão. São umas figuras. Na minha casa, só eu gosto de animais assim, de paixão mesmo. Minha mãe me enche a paciência por causa disso, mas não tô nem aí. Quando viajo, sempre levo eles junto. Só vou a lugares onde eles possam estar com a gente. No máximo, se a gente tira umas férias muito longe, eles ficam na minha sogra que ama animais. Agora queremos ir pra Aruba e ela já se prontificou e só deixo porque sei que ela faz com prazer.
e é isso, pega uma cã, ela vai te ffazer bem. Eles não pedem nada em troca. Se você pode passear, passeie. Se não puder, ela vai entender. Se for um vira latas, melhor ainda, pois são mais resistentes e adaptáveis. Se for de raça, pega um que não dependa tanto de passeios.
É isso aí, vai fazer o que tu gosta. Yoga é muito bom e provavelmente você só vai ter que parar da transferência até o beta (11 dias)... muito pouco!
Eu quero fazer corte e costura em janeiro. Quem sabe não viro uma estilista! Nunca é tarde!
Beijos e fique bem, querida1 Te adoro!

Ane on 8/25/2011 disse... [Responder Comentário]

Eu apoio a faculdade sim!!!! Vai ser bom trocarmos de posição e eu te ouvir reclamando e xingando que está cansada e não aguenta mais os dez mil estágios.....kkkkk Mas é sério, vc dará uma ótima psicóloga...pelo menos tem todas as ferramentas! É pra se pensar...e sobre a vida congelada, TÔ IGUAL!Insegura, indecisa, esperando.... um saco isso.

Ane on 8/25/2011 disse... [Responder Comentário]

Mas pega uma cachorrinha sim!!!!!Eu amei a foto daqueles picuchos gordos e gostosos!!!!! Tão lindos!Já te falei, cachorros e bebês são possíveis.... eles acostumam e se adaptam bem a nova rotina!

Dicas Femininas on 8/25/2011 disse... [Responder Comentário]

Flor seu blog é lindo amei estou seguindo beijos me visite


http://rosanadicasfemininas.blogspot.com/

Dalila on 8/25/2011 disse... [Responder Comentário]

Girl, sabe, o pior desse negócio de tratamentos é a vida ficar congelada. E ela fica. É angustiante, é como ficar sem ar...
Quando fiz minha segunda FIV eu enjoei e resolvi voltar a viver a vida. Demorei 3 anos para tentar de novo. Foi bom, emagreci, me senti melhor, segui em frente. Agora fiz o tratamento de novo, engordei, aí não posso ir no médico para emagrecer por que não vai adiantar nada (daqui a pouco faço tto., daqui a pouco engravido... Aquela coisa de sempre) e minha pele esta um lixo e quero fazer exercício e...
Sabe, no fim, o melhor que acho que podemos fazer é ignorar isso e tentar voltar a viver a vida normal. Afinal, esse negócio pode demorar muito tempo e só temos uma vida para viver!
Conselho: faça pilates! O meu médico me falou para fazer mesmo com os embriões, falou para eu parar só por uma semana.
Arrume uma linda cã! Adote a bichinha! As vira-latas são mais inteligentes, tem menos doenças e dependem do bom coração das pessoas para terem como viver... Tenho uma viralatinha que é muito traquina, sem-vergonha e esperta e tenho um menino que é uma mistura de labrador com chow-chow que é bocó como um labrador e bonito como o chow-chow. Ganhei ele quando ele tinha só 30 dias... É meu bebê desmiolado até hoje.
Ahhh, girl, vamos viver... Pode ser que seja melhor até para o tratamento...
(estou me sentindo presa numa camisa-de-força só porque meio que marquei pasta fazer outro tratamento no final do ano...)

Kathleen Duarte on 8/25/2011 disse... [Responder Comentário]

Oi dei uma espiadinha no seu blog
e adorei já estou te seguindo...
aguardo sua visitinha..bjs

Dinha on 8/26/2011 disse... [Responder Comentário]

Livía,
Eu sei exatamente o que é uma vida congelada, a minha está assim tb!
Mas estou pensando em rotas de fuga no freezer, pra quem sabe cair na geladeira, mas já é um avanço, não é!
Vida de tentante não é fácil, só entende quem já passou por isso!
beijocas

Maria Livia on 8/28/2011 disse... [Responder Comentário]

Meninas, obrigada pelas palavras! É bom ver que não estamos sozinhas, que vcs entendem exatamente o que sinto. Dinha, gostei da sua idéia, vou tentar fugir do freezer. Se conseguir ficar apenas na geladeira, já está bom! rs
Bjks a todas.

Deixe aqui seu pitaco!